Mórmons Contra o PT?

Mórmons devem se opor ao governo PT? Mórmons se sentem a vontade para apoiá-lo?

Manifestação Fora Dilma

O Brasil vive um momento de crise política inegável. O franco declínio da saúde econômica nacional e investigações policiais demonstrando corrupção endêmica em altos escalões dos governos federal e estaduais contribuem para uma sensação de falta de representatividade no povo brasileiro. Continuar lendo

Podcast Mórmon #3 – POLIGAMIA

A Associação Brasileira de Estudos Mórmons e o Vozes Mórmons dão seguimento ao projeto coletivo de podcasts para discussão de temas relacionados ao Mormonismo: o Podcast Mórmon.

Neste episódio Antônio Trevisan, Emanuel Santana e Marcello Jun discutem o passado e o futuro da pesquisa acadêmico-histórica de um dos aspectos históricos, sociais, e culturais mais marcante no Mormonismo: POLIGAMIA.

Podcast 03 versão 02

Em 1831, Joseph Smith teria recebido uma revelação ordenando homens casados a desposarem mulheres ameríndias poligamamente para gerar Lamanitas brancos. Entre 1833 e 1839, Smith relacionou-se com uma adolescente e uma mulher casada em segredo, mas a partir de 1841 começou a casar-se secretamente com múltiplas mulheres, iniciando oficialmente uma cultura polígama. Havendo iniciado os seus acólitos mais fiéis na prática, e elaborado toda uma teologia templária ao seu entorno, Smith construíra um legado que viria a definir o Mormonismo pelos próximos dois séculos.

Assista aqui o podcast na íntegra:

Continuar lendo

Igreja Mórmon Decide Não Romper com Escoteiros

(Imagem: CNN)

(Imagem: CNN)

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias anunciou hoje que dará continuidade ao seu programa de escotismo, filiado à  Boys Scouts of America. Há cerca de um mês, a Igreja havia ameaçado romper a cooperação existente nos Estados Unidos, devido à decisão da entidade escoteira de aceitar homossexuais entre seus líderes, mesmo permitindo que organizações religiosas usassem seus próprios critérios – incluindo de sexualidade – para selecioná-los. Continuar lendo

Mulheres integrarão comitês gerais da Igreja SUD

Bonnie L. Oscarson, Rosemary M. Wixom e Linda K. Burton. (Foto: Jeffrey D. Allred/Deseret News)

Bonnie L. Oscarson, Rosemary M. Wixom e Linda K. Burton. (Foto: Jeffrey D. Allred/Deseret News)

Três mulheres farão parte de comitês formados pelas autoridades gerais d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. A decisão inédita tornará permanente a participação de presidentes das chamadas organizações auxiliares em comitês até então exclusivamente masculinos. A decisão foi anunciada no ultimo dia 18. Continuar lendo

A história da Igreja e suas teses positivistas

Hoje, comemora-se no Brasil o Dia do Historiador. A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias sempre preservou sua história. Ela possui um museu e uma biblioteca em Salt Lake City. O mormonismo ainda conta com vários historiadores que buscam ao máximo descobertas sobre estes  195 anos desde a Primeira Visão de Joseph Smith Jr. Porém, nessa metodologia histórica, ao menos entre os membros, não houve uma grande evolução.

A Escola Histórica positivista, metódica ou tradicional surgiu no século XIX com as ideias do sociólogo francês Auguste Comte como neutralidade, objetividade, ordem e progresso da civilização, etc. Os historiadores positivistas tinham como meta transformar a história de uma simples filosofia subjetiva a uma ciência objetiva como a matemática. Os historiadores Charles-Victor Langlois e Charles Seinobos escreveram o livro “Introdução aos Estudos Históricos”(1899) ensinando regras e métodos de investigação histórica na visão positivista de como tornar a história objetiva. Posteriormente as Escolas Históricas do marxismo e dos Annales criticaram muitas dessas teses e reinventaram a pesquisa historiográfica.

A história da Igreja para muitos membros em visão de pesquisa, documentos, fontes de estudo e a mesma  que a dessa escola tradicional mais de 100 anos depois. Abaixo as teses historiográficas positivistas, sua explicação e aplicação SUD nos dias atuais.

O fato fala por si mesmo

memorizing-scripture-2-300x227O fato não precisava ser interpretado ou analisado, pois corria o risco da subjetividade. Entre os membros também não há uma análise e interpretação do fato. Exemplos disso são o assassinato de Joseph Smith Jr. em 27 de junho de 1844 ou da chegada dos santos ao vale de Salt Lake em 24 de julho de 1847. Os fatos e as datas são mais importantes que todo o contexto por trás deles. A ideologia, objetivos, metas, etc  não importam.

Continuar lendo

Dicionário de Mormonês

Mórmons têm um linguajar específico e idiossincrático. Não é incomum visitantes ou “investigadores” (ver abaixo) sentirem-se intimidados ou mesmo excluídos dentro de um contexto exclusivamente Mórmon por causa da diferença entre o vernáculo popular e o específico ao Mormonismo. Tendo isso em mente, lançamos esse projeto colaborativo: Escrever e disponibilizar um dicionário de Mormonês!

'Jovem lendo à luz de vela', por Matthias Stom (1600-1652)

‘Jovem lendo à luz de vela’, por Matthias Stom (1600-1652)

Como você pode colaborar? Abaixo iniciamos uma lista com alguns verbetes ou expressões que são característicos para Mórmons mas que podem ser completamente incompreensíveis para um não-Mórmon. Envie mais verbetes de expressões Mórmons, com suas sugestões de explicações sucintas, e as incluiremos nesta lista.

Palavras circunscritas com asteriscos (e.g., *abelinha*) indicam que haja um verbete explicando esta palavra. A lista, naturalmente, encontra-se em ordem alfabética. E, obviamente, permanece incompleta aguardando novas sugestões. Anotações AEC e EC denotam anos Antes da Era Comum e da Era Comum, referente ao calendário Gregoriano.

Continuar lendo

Poligamia no Podcast Mórmon

podcastCasamento plural será o tema do próximo Podcast Mórmon. O novo episódio discutirá as origens da prática, seus desenvolvimentos subsequentes e abandono pela Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, bem como o surgimento do fundamentalismo mórmon e os resquícios teológicos na moderna Igreja SUD. Continuar lendo

O Dia dos Lamanitas

Quem são os Lamanitas? O que pensam Mórmons sobre os nativos americanos (popularmente chamados de índios ou ameríndios)? Spencer W. Kimball, 12o Presidente d´A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias esclarece:

Spencer W. Kimball, Presidente d´A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (1973-1985) e Apóstolo (1943-1973)

Continuar lendo

Ordenanças do templo – parte 6

Círculos de oração, vestimentas e altares

Joseph Smith (1805-1844)

Joseph Smith (1805-1844)

Iniciadas por Joseph Smith em maio de 1842, as cerimônias da investidura continham, como parte da “comunicação das chaves pertencentes ao Sacerdócio“, instruções  sobre uma forma ritual de oração,  chamada de “verdadeira ordem de oração”.  Quando realizada em grupo,  era muita vezes chamada de “círculo de oração”.

“Não sabíamos como orar”

A verdadeira ordem de oração incluía gestos e palavras sagradas.  Segundo o relato do então secretário do Profeta, William Clayton, pelo menos uma das palavras teria sido vista em uma de suas pedras de vidente:

ele [Joseph Smith] a respeito das palavras-chave.  A g. [grande] palavra-chave foi a primeira palavra que Adão falou é uma palavra de súplica.  Ele encontrou a palavra pelo Urim e Tumim. [1]

Há duas fontes históricas contemporâneas que podem ter influenciado Joseph Smith na busca da verdadeira ordem de oração: o protestantismo e a maçonaria.

Reunião durante o

Reunião durante o “Segundo Grande Despertar”.

Em algumas expressões do revivalismo protestante, participantes das reuniões ao ar livre muitas vezes formavam um círculo parar orar. Como escreveu um observador:

quando o convite era feito, havia uma corrida geral, o grande anel de oração’ era preenchido e por pelo menos duas horas oração ardente subia ao céu. [2]  

As reuniões campais e a diversidade de doutrinas e práticas religiosas dos diversos grupos influenciaram o adolescente Joseph Smith na inquietação espiritual que o levou à Primeira Visão, entre seus 14 e 16 anos. Continuar lendo

Evangelho Ostentação Mórmon?

Existe um termo popular entre evangélicos nos EUA, e mais recentemente no Brasil, que descreve uma valorização religiosa da afluência financeira: Evangelho Ostentação. Um pastor evangélico explica que essa visão “tem como tema central a exibição de riquezas e poder aquisitivo.” Mórmons abraçam esse tipo de comportamento? Continuar lendo

Mórmons Ansiosos com Decisão da Igreja

Professor da BYU relata em entrevista como membros d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias estão sofrendo com decisão recente da liderança da Igreja SUD de ameaçar rompimento com os Escoteiros da América.

Quin Monson, professor de ciência política na universidade Mórmon Brigham Young University, relata em entrevista à estação norte-americana NPR os conflitos pessoais  encarados por ele e seus correligionários acostumados a décadas de voluntarismo e colaboração com a maior organização para rapazes jovens do mundo.

Thomas Monson demonstra a saudação do Escoteiro. 16o Presidente da Igreja SUD, Monson sempre enfatizou a importância do escotismo para os jovens (rapazes) Mórmons, como todos os outros profetas desde 1910.

Thomas Monson demonstra a saudação do Escoteiro. 16o Presidente da Igreja SUD, Monson sempre enfatizou a importância do escotismo para os jovens (rapazes) Mórmons, como todos os outros profetas desde 1910.

Continuar lendo

Lyman Wight: a perfeita organização da Igreja

Lyman e Harriet Wight

Lyman e Harriet Wight

Após a morte de Joseph Smith, o apóstolo Lyman Wight (1796-1858) decidiu honrar sua posição no Conselho dos 50, colonizando o Texas. Suas ações o levaram a ser excomungado por Brigham Young, quando recusou a segui-lo na migração a oeste. Para Wight, o Conselho dos 50 estava acima de qualquer outra organização, assim como Joseph Smith estava acima de qualquer homem. Sobre o Conselho teocrático, ele escreveu: Continuar lendo

Manuscrito do Livro de Mórmon Publicado

A Comunidade de Cristo autorizou A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, através do seu Departamento de História, a fotografar e preparar para publicação, saindo já esta semana, o segundo manuscrito do Livro de Mórmon, disponibilizando assim amplamente a visualização de imagens escaneadas deste raro documento.

Segundo Manuscrito do Livro de Mórmon, fotografia d'A Igreja Reorganizada de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias no início do século XX

Segundo Manuscrito do Livro de Mórmon, fotografia d’A Igreja Reorganizada de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias no início do século XX

Continuar lendo

ABEM na Gringa

A Associação Brasileira de Estudos Mórmons vêm recebendo atenção no exterior nos últimos meses.

'O Manual Oxford Sobre Mormonismo' será publicado em outubro de 2015

‘O Manual Oxford Sobre Mormonismo’ será publicado em outubro de 2015 pela Oxford University Press

Além do site da BYU, a universidade da Igreja SUD, publicar os abstratos de nossas conferências,  seremos citados em nova publicação da Universidade de Oxford.

Continuar lendo