Quem deve ser o Brasileiro Mórmon do Ano?

Há vários anos dirijo a escolha do Mórmon do Ano no blog Times and Seasons. É uma maneira muito divertida de reconhecer o mórmon que foi mais mencionado na mídia ou que teve o maior impacto público durante o ano passado. Já começamos o processo lá, e o público pode indicar lá quem deve ser o Mórmon do Ano, e também mencionar outros mórmons que apareceram na mídia e merecem menção. Nos anos passados Mitt Romney (2008), Harry Reid (2009), Elizabeth Smart (2010) e Jimmer Fredette (2011) já foram selecionados.

Como parece-me que muitos brasileiros mórmons apareceram na mídia no Brasil, acho que vale a pena selecionar um Mórmon Brasileiro do Ano. Essa designação procura dar uma resposta ao seguinte pergunta:

Qual mórmon brasileiro teve o maior impacto na mídia durante o ano passado?

Sob essa guia, a escolha não significa que essa pessoa seja um bom mórmon ou até mesmo uma boa pessoa. A pessoa selecionada tampouco é “o melhor mórmon do ano.” Esta designação é exclusivamente sobre o impacto público que a pessoa teve.

Então, como é que vamos denominar o Mórmon Brasileiro do Ano?

Até o fim do ano aceitaremos nomeações nos comentários abaixo. Aqueles que receberem duas nomeações serão considerados candidatos. Durante a primeira semana do novo ano, os visitantes do Vozes Mórmons e do blog do Murilovisck poderão votar numa enquete que mostrará o que pensam dos candidatos. Depois da enquete, os escritores dos dois blogs, Vozes Mórmons e o blog Murilovisck, escolherão o Mórmon Brasileiro do Ano.

Não há galardão ou prêmio associado a esta designação, nem vamos fazer qualquer apresentação formal ou até mesmo notificação para a pessoa ou pessoas selecionadas. O propósito não é homenagear, mas sim, entender a posição dos Mórmons no Brasil.

Uma nomeação deve conformar-se as seguintes regras:

  • Os candidatos devem ser Brasileiros.
  • Os candidatos devem ser Mórmon de alguma forma — os candidatos devem ter sido batizados e devem apresentar-se como Mórmon.
  • Os candidatos devem ter vivido em algum momento durante o ano.
  • A Primeira Presidência da Igreja SUD (incluindo o Profeta) e o Quórum dos Doze Apóstolos não são qualificados (porque iriam ganhar todos os anos, e por isso a seleção não teria sentido).
  • Os candidatos devem ter tido um impacto suficiente para aparecer na mídia durante o ano.
  • Candidatos coletivos (ou seja, todos aqueles que fizeram x) serão bem vindas.

Quando você nomear alguém, por favor fornecer um link para algum lugar (como a Wikipedia, notícias, etc) onde se pode obter mais informações sobre eles e o que eles fizeram este ano). E, por favor, deem alguma razão por que você acha que essa pessoa deve ser o Mórmon Brasileiro do Ano. Além disso, pedimos que quando você nomeie alguém nos comentários que você use seu nome verdadeiro, ao invés de um apelido ou pseudônimo. Esperamos assim poder nos certificar de que as nomeações sejam sérias, e não brincadeiras.

Por favor, não tentem votar ainda! Nós estamos apenas pedindo indicações neste momento. A votação começará 01 de janeiro.

Você pode fazer nomeações nos comentários a este post até a véspera de Ano Novo.

Estou ansioso para ver os nomeados e a seleção. Um ano de eleições sempre apresenta novas pessoas à mídia, e, assim, os mórmons que tiveram um grande impacto ou influência durante o ano.

Aqui estão umas indicações para começar:

  • Bruna Benites (Zagueira da Seleção Brasileira de Futebol)—única brasileira mórmon a disputar as olimpíadas de 2012.
  • Fernanda e Vivien Bohme—Empresárias de destaque nos EUA.
  • Diego Brandão—Lutador de MMA Mórmon, vencedor do TUF 14, mostrando o Livro de Mórmon como incentivador da conquista.
  • Flavio Allegretti de Campos Cooper—Eleito Desembargador Presidente do TRT 14ª região.
  • Marcus V. de Freitas—Professor leciona Direito Internacional e Relações e Internacionais na graduação e pós-graduação da Fundação Armando Alvares Penteado – FAAP e tem dado entrevistas frequentes sobre Política Internacional na Bandeirante, Record e outros canais.
  • Paulo Vicente Kretly—O Presidente da Franklin Covey Brasil, deixou a presidência da empresa para ser Pres. de Missão na África virando notícia sobre voluntariado.
  • Carlos Wizard Martins—Empresário Brasileiro que acompanhou Dilma em várias viagens pela Russia e China, além de entrar na lista dos mais ricos da Forbes. Também emplacou seu livro entre os mais vendidos do país, sendo um feito inédito entre os mórmons brasileiros.
  • Luiz Meneghin—Participou do último America’s Got Talent e seu vídeo teve efeito viral no Youtube.
  • David Neeleman—Fez a fusão da Azul com a Trip e é a terceira maior do mercado em aviação.
  • Rodrigo Pereira Costa—Talvez o primeiro negro mórmon eleito no Brasil, Enfermeiro e vereador de Itapemirim/ES.
  • Romanna Remor—1ª Deputada Federal Mórmon do Brasil, e candidata vencedora das eleições em Criciúma/SC, mas não tomará posse devido a decisão judicial.
  • Moroni Torgan—Presidiu a Missão Lisboa Portugal, foi deputado federal e Candidato às eleições em Fortaleza.
  • Francisco Valim—Presidente da Oi, fazendo chegar no último ano com investimentos na casa de 6 bilhões em 2012.
About these ads
Esse post foi publicado em Cultura Mórmon, Mormon, Notícias Mórmons e marcado , , , . Guardar link permanente.

43 respostas para Quem deve ser o Brasileiro Mórmon do Ano?

  1. Marcello Jun disse:

    Na verdade, Romanna Remor NÃO foi a vencedora da eleição para prefeito de Criciúma em 2012. Ela perdeu o pleito, por enormes margens, sequer qualificando-se para o Segundo Turno (86 mil vs. 21 mil votos; 76.5% vs. 19% dos votos). O TSE impugnou a candidatura do vencedor Clésio Salvaro, e haverá novas eleições, das quais Romanna não participará!

    O meu voto vai para Bruna Benites que, além de atleta e olimpiana, é mulher futeboleira (arrebentando vários estereótipos), servindo como ótimo exemplo para as jovens Mórmons.

  2. Aurélio Neto disse:

    Minha indicação é para o Murilo do Blog Murilovisk. Excelente blog, e o melhor de notícias sud do Brasil. Além de estar concorrendo no Top blog brasil. Acesso todo dia.

    • Kent Larsen disse:

      Como o blog Murilovisck é parceiro no processo de nomear o Brasileiro Mórmon do Ano, acho que ele não pode ser candidato.

  3. Marcelo Silva disse:

    Meu voto vai para a Romana Remor, 1a Deputada Federal SUD !

    • Marcello Jun disse:

      Confesso que desconhecia Romanna Remor e fui pesquisar seu currículo político.

      Você se orgulharia de uma política com as seguintes características?

      - Denunciada por corrupção ativa e incluída na CPI das ONGs, livrou-se das investigações beneficiada por manobras políticas (de alto escalão);

      - Assume como Deputada Federal sem nunca ter sido eleita (via apadrinhamento político e “suplência”);

      - Troca de partido político assim que assume como Deputada Federal;

      - Nos 4 meses como Deputada Federal apresentou um único projeto-de-lei (pífio, diga-se… para obrigar operadoras de celulares a publicar as falhas em suas redes);

      - Após 4 meses na Câmara Federal, abandona-a para buscar eleger-se Prefeita de sua cidade;

      - Nunca foi eleita para um cargo além de Vereadora na sua cidade, onde seu trabalho foi tão relevante que não conseguiu mais de 20% dos votos contra um candidato préviamente *condenado e impugnado* pelo TSE;

      Esse é um currículo político de se orgulhar? Ou você a indica apenas porque é SUD?

      • Kent Larsen disse:

        Marcello, a designação “Brasileiro Mórmon do Ano” não quer dizer que temos orgulho dessa pessoa. É sobre o impacto. Acho que seria possível que um membro da Igreja fizesse algo muito horrível que tivesse muito impacto por isso.

      • Marcelo Silva disse:

        Vixe! Nem sabia desta tal de CPI da Romana…

        Neste “blog” mostra a trajetória dela, veio de uma família humilde de Criciúma e trabalhou até na lanchonete da BYU para pagar o MBA em Administração Pública.
        http://romanna.wordpress.com/conheca/

        Ela foi a 2a vereadora mais bem votada de Criciúma, e em 2002 ela foi a 20a deputada mais votada do Estado (o Estado elege apenas 16 na Câmara Federal) e isto com certeza está lhe dando espaço na política local e incomodao os coronéis locais.

        Não sei o motivo dela trocar de partido (aliás o DEM tem sofrido uma debandada geral) nem sei se ela era realmente culpada ou inocente no caso da FINATEC, e um projeto em 4 meses é pelo menos mais do que um ex-presidente fez em 8 anos de Congresso (rs…rs), mas com certeza como disse o Kent, o impacto dela na Comunidade é de destaque.

  4. O meu voto vai para: Eu mesmo. José Maria Pereira.

  5. O meu voto vai para Carlos Wizard Martins

    • Corrigindo: Minha indicação vai para Carlos Wizard Martins

    • Marcello Jun disse:

      Murilo, o que fez Carlos Martins no ano de 2012 que justificaria, ao seu ver, ser eleito como destaque Mórmon para esse ano?

      • Bem… Ele participou de uma visita oficial à Russia e à China com a Presidente Dilma, emplacou seu livro Desperte o Milionário que há em Você entre os mais vendidos do país. Acho que foi o que mais concedeu entrevistas às TVs, Rádios e outros meios de comunicação neste ano. Também conseguiu veicular sobre mórmons nos negócios na revista Exame e depois na Istoé. Saiu também em uma reportagem na revista Veja e Absoluta. Teve destaque em vários jornais sobre seu sucesso empresarial. Apareceu na revista Forbes também. Ministrou palestras gratuitas em inúmeras cidades brasileiras. Fez contato com vários políticos e formadores de opinião para apresentar a Igreja e seus programas. Foi o ano em que a Wizard completou 25 anos e obteve destaque nacional com isso. Além disso, sempre fala abertamente sobre sua filiação à Igreja e sobre os princípios do Evangelho. Acho que é um ótimo nome!

      • Não desmerecendo os outros que também foram bem impactuantes. Três nomes que eu indicaria além de Carlos Wizard são Bruna Benites (fiz uma entrevista com ela, uma pessoa sensacional), Luiz Meneghin (também conversei com ele – o video dele foi extremamente acessado) e Diego Brandão (que para mim foi muito impactuante ele pegar o LIvro de Mórmon e mostrá-lo após a luta)

  6. Kent Larsen disse:

    Antes do dia 1 de janeiro, estamos indicado quem deveria ser candidato. No dia 1 vamos iniciar o voto.

  7. Giovanni Israel Machado disse:

    Eu indico o Rodrigo Pereira Costa

    • Ícaro Mendes disse:

      Servi em Cachoeiro de Itapemirim/ES e conheci o Enfermeiro ( Rodrigo P. Costa) pessoalmente. Alem de ser um excelente líder, é louvável a forma como atuou em sua candidatura. Realmente foi eleito por mostrar a sua identidade ao público e fazer apenas o que era correto. Os maiores impactos vão aparecer após a entrada na Câmara de Vereadores. 100% indicado pelo que já demontrou até o momento em Cachoeiro! :D

  8. Joaquim garcez disse:

    Acho que o irmao dono do blog Murilovisck q.deveria ser, porque foi atraves dele que conheci esse pessoal todo. Alem de ele ter revolucionado a informacao no mundo sud.E incrivel.

    • Kent Larsen disse:

      É. Mas como o blog Murilovisck é parceiro no processo de nomear o Brasileiro Mórmon do Ano, acho que ele não pode ser candidato.

      • Está corretíssimo Kent! Não tem como eu participar, pois estamos promovendo o processo de nomeação. Mas valeu pela lembrança, me sinto feliz com isso.

  9. flavio Lima disse:

    eu indico moroni torga

  10. Eliete disse:

    Carlos wizard martins meu voto e dele >>>>.

Os comentários estão desativados.