Quantos missionários estarão no campo missionário no fim do ano?

Missionaries ServingEu cometi um erro. Uma semana antes da conferência o blog LDS Church Growth (Crescimento da Igreja SUD), na sua análise dum comunicado de imprensa da Igreja, projetou que o número de missionários no campo poderia passar os 100 mil até o final de 2013 ou o início de 2014.

Quando vi a notícia apareceu num grupo de facebook, eu pensei que esse número de missionários parecia excessivamente otimista. Eu tinha percebido logo após o anúncio da mudança na idade de serviço missionário em outubro passado que teríamos um surto de missionários, pois os Élderes de 18 anos ajuntariam-se aos de 19 e 20 anos e as Sisteres de 19 e 20 anos de idade se ajuntariam-se às de 21 e 22 anos de idade. Portanto, eu pensei que o número de missionários ia saltar até 80 mil ou 90 mil e, depois um ou dois anos, cairia de novo para um nível um pouco acima do nível atual, quando voltaríamos a uma força missionária que consiste principalmente em Élderes que começaram aos 18 anos e Sisteres que começaram aos 19 anos.

Para confirmar isso, eu criei um modelo em planilha para estimar o número de missionários no campo no futuro. E eu fiquei muito surpreendido com o resultado do cálculo.

O problema que tive com o número 100.000 promulgado pelo blogue LDS Church Growth é que ele parecia ser simplesmente uma projeção com base no número atual de recomendações para serviço missionário recebidos pela Igreja. O blogue LDS Church Growth disse:

A Igreja poderia chamar até 70 mil missionários em 2013, se continua a perpetuar a média de 1.400 recomendações missionárias por semana durante todo o ano. Isso poderia resultar em mais de 100.000 missionários no campo até o final de 2013 ou o início de 2014 …

Esta análise deixa muito ao lado. Basta adicionar o número de missionários chamados para aqueles que estão no campo atualmente e acha que vai dar certo? Alguns missionários vão completar a missão durante o ano, não é? Mesmo se você estima que a metade dos missionários no campo voltarão da missão durante o ano, deixando a metade no campo, como se sabe que as 1.400 recomendações recebidas cada semana vão continuar durante todo o ano, a fim de resultar nos 70 mil chamados missionários calculados? Esta última dúvida, entre outras coisas, me fez duvidar de que o número de missionários chegaria aos 100.000.

Por isso, eu utilizei um método diferente. Em vez de fazer cálculos a partir dos pedidos recebidos, pensei que talvez fosse melhor fazer o cálculo a partir da proporção de membros de uma determinada idade que servem missões, calculando daí quantos missionários estarão no campo por totalizar o número de missionários em cada grupo etário a intervalos de seis meses ao longo dos próximos anos. Então, se eu posso encontrar uma boa estimativa do número de homens e mulheres jovens ativos em cada faixa etária, e se eu posso calcular que proporção irão servir uma missão, posso calcular o número de missionários que estarão no campo em qualquer data futura.

Por exemplo, no final do ano, deve haver no campo missionário o seguinte:

  • os jovens que completaram 18 anos durante este ano
  • os jovens que completaram 19 anos durante este ano (os quais foram chamados em 2013)
  • os jovens que completaram 20 anos durante este ano (que foram chamados em 2012 aos 19 anos)
  • as mulheres jovens que completaram 19 anos durante este ano
  • as mulheres jovens que completaram 20 anos durante este ano (as quais foram chamadas em 2013)
  • as mulheres jovens que completaram 21 anos durante este ano (que também foram chamadas em 2013)
  • cerca da metade das mulheres jovens, que completaram 22 anos durante este ano (chamadas em 2012)
  • missionários idosos

Se você sabe quantos missionários compõe cada um desses grupos, pode simplesmente somá-los para obter o número de missionários no campo até o final deste ano. Para calcular o número no campo em outras datas, basta ajustar os grupos incluidos no cálculo com base em se estarão ou não no campo.

O problema é, naturalmente, que a Igreja não informa quantos homens e mulheres jovens que nasceram num determinado ano há na Igreja, nem quantos são ativos e quantos servem como missionários. Mas ela fornece, sim, algo que talvez seja útil, pelo menos para fazer estimativas aproximadas. A Igreja informa o número de alunos noseminário. O relatório anual da Igreja, lançado este ano, indica que havia cerca de 390 mil estudantes do seminário no ano letivo de 2011-2012, contra 375.000 no ano anterior. O relatório também informa o número de alunos no seminario a cada ano desde o início do seminário em 1912, e com esses dados podemos estimar o número de alunos em cada grupo etário e o número de homens e mulheres em cada grupo.

A partir destes dados podemos calcular que há entre 45 mil e 50 mil homens jovens e o mesmo número de mulheres jovens no seminário. Comparando estes com o número de homens e mulheres jovens no serviço missionário, parece que cerca de 45% a 50% dos homens jovens no seminário servem missões, enquanto (até agora) 12% a 15% das mulheres jovens em seminário servem missões.

Evidentemente espera-se que estas percentagens mudam por causa desta mudança de idade. Será que mais homens jovens servirão por causa da mudança de idade? Nós não sabemos—eu acho que é muito cedo para dizer se a proporção que sirva missões mudará ou não, e o fato de que eu estou calculando a partir de estimativas me faz pensar que eu não vou ser capaz de dizer dos meus dados. [A Igreja será capaz de dizer, em algum momento no futuro, porque eles não têm que utilizar estimativas).

Mas, a partir dos dados que a Igreja relatou em seus comunicados de imprensa, é muito claro que a proporção de mulheres jovens que servem aumentou dramaticamente. Após o anúncio em outubro passado, a igreja informou que até a metade dos pedidos recebidos eram de mulheres, e os números, desde janeiro, ainda mostram que entre 30% a 40% de candidaturas são de mulheres. Mesmo dado que o número de missionárias potenciais triplicou, não é possível receber tantos recomendações missionárias sem um aumento na proporção de mulheres jovens que servem. Se minha análise estiver correta, a proporção de mulheres jovens elegíveis servindo vai aumentar este ano, de talvez 15% no ano passado para quase 30% este ano. Assim, o número de mulheres jovens que vão servir vai triplicar no mínimo.

Então onde é que isto nos deixa? Eu compilei tudo isso e produzi a seguinte planilha, disponível para qualquer um ver no Google Docs. Eu não a fiz muita bonita, nem a traduzi do inglês, portanto terá que decifrar os dados na planilha. Ela projeta o seguinte:

  • Mais de 80.000 no campo até o final de junho
  • Mais de 100.000 no campo até o final de dezembro
  • Quase 110 mil no campo até Junho de 2014
  • Uma diminuição até um pouco mais de 100,000 até dezembro de 2014
  • Um número estável de 75 mil a 80 mil a partir do final de 2015—o que significa que o surto causada por mais de uma faixa etária no campo ao mesmo tempo terá saída da missão.

Como qualquer estimativa, estes números não serão exatos, e posso ter errado bastante. Por exemplo, eu tenho suposto que cerca de 50% dos homens jovens em seminário vão servir uma missão. É possível que seja inferior a 45%. Ou, pode ser que a proporção suba para 55% ou mais. Da mesma forma, eu tenho suposto que 30% das mulheres jovens no seminário servirão missões, subindo até 35% quando os que completaram 16 anos no ano passado entrem no campo missionário em 2015 (ou seja, as mulheres jovens vão se acostumar com a ideia de servir uma missão e vão aumentar a participação ao longo do tempo). Enquanto parece correto que a proporção de mulheres jovens que servem vai aumentar, eu não acho que ninguém sabe quão alto. Pessoalmente, eu não acho que ele vai chegar à mesma proporção que os homens jovens por muitas décadas, se alguma vez. Os 30% a 35% é apenas a minha melhor conjuntura. E permanece como uma conjuntura.

Também tenho suposto que o número de missionários idosos vai continuar a aumentar na mesma proporção que tem aumentado. Eu não faço ideia se isso é uma boa hipótese ou não. Pode ser que o aumento em jovens missionários vai desanimar alguns idosos e por isso esse número pode baixar. Ou o ambiente atual pode ser inspiradora, eo número de missionários seniores poderia aumentar ainda mais rápido. Sua conjuntura é tão bom quanto a minha.

Como sempre, estou interessado em saber como os outros o vêem esses números. Talvez outros com talento em trabalhar com modelos gostariam de tentar melhorar a projeção, ou talvez alguém possa identificar um erro na minha lógica. Eu vou ficar surpreso se os números mudam por mais de 20% ou por mais de 6 meses. Mas eu reconheço que alguém possa ser capaz de chegar a uma estimativa melhor do que eu

Em suma, tudo isso me surpreendeu. Eu sabia que haveria um aumento grande e temporário no número de missionários que servem, e que iria ficar mais calma no futuro, com um aumento significativo (por causa da maior proporção de mulheres jovens que servem). Mas eu não fazia ideia de que seria tão grande.

O que vocês acham?

About these ads

4 comentários sobre “Quantos missionários estarão no campo missionário no fim do ano?

  1. Olá Kent,

    Sua análise de acordo com suas premissas parece estar correta, vou dar mais uma verificada nos números. Creio que as premissas (“assumptions”) são a chave para qualquer previsão.
    Eu particularmente acho que as mudanças de idade afetaram mais os jovens americanos, uma vez que no Brasil a grande maioria dos jovens somente poderiam sair após a dispensa ou atividade no serviço militar obrigatório, o que não baixaria tanto a idade de Missão assim. Quanto às “sísteres” brasileiras, para mim este número é uma incógnita…

    • É uma incógnita, sim. E como a Igreja não fornece dados sobre os países de origem dos missionários, será muito difícil saber. Espero que veremos muitas missionárias do Brasil por causa dessa mudança.

  2. No Brasil ainda há um preconceito muito forte dirigido para jovens missionárias, uma ideia de que somente vão para a Missão jovens que são muito feias ou que não encontraram nenhum rapaz para casar. Eu passei em algumas Alas em que simplesmente havia décadas sem que uma só jovem tivesse saído para o campo missionário.
    Se o número de sísteres americanas aumentar, creio que possa haver uma mudança nesta percepção. Aqui mesmo na Estaca, uma das moças mais bonitas cujo namorado está em missão decidiu enviar os papéis e foi chamada para servir na missão Londres.

  3. achei interessante este tópico.
    como disse uma conhecida minha, ex- síster, ás vezes as sísteres podem alcançam lares onde os élderes não entram. e observo que elas são muito bem sucedidas nisso.
    Com relação à beleza de sísteres americanas, digamos que algumas são “extremamente fotogênicas”, educadamente falando, mas respeito-as pelo trabalho muito eficiente e pela coragem de sair do seu lar e vir trabalhar em um país extremamente diferente do delas e isso pode valer-se como incentivo para nossas irmãs brasileiras, que querem aventurar-se no campo missionário.
    Uma vez conversei com uma sister do Arizona, “verde”, digamos assim, com pouquíssimo tempo de missão, que falou tinha muita dificuldade com o português.
    Eu disse a ela em inglês que eu e muitas pessoas ficamos muitos felizes pelo fato de ela estar fazendo esse trabalho e que ela continuasse se esforçando, pois poderia fazer a diferença na vida de muitas pessoas e que nós confiávamos nela…
    Quando eu usei o termo ‘trust'(confiar) o rosto dela se modificou e ela me agradeceu muito, mas muito mesmo e acredito que ela voltou para Gilbert, AZ com a sensação de dever cumprido…
    Só para descontrair um comentário de uma vizinha minha, não-membro, para mim,quando por acaso ela encontrou-se com duas sísteres na rua: olha, que legal, eu não sabia que vocês (sud) tinham moças missionárias,tb…achei que só os rapazes podiam ir pra missão…rsrsrsrss

Deixe um comentário abaixo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s